Guia prático (muito prático) de sobrevivência nos terminais da Barra Funda, Tietê e na Sé

sexta-feira, 21 de maio de 2010


1ª. "Dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço". É MENTIRA. Você verá que quando um trem ou composição do metrô quebra em horário de pico, devem caber até três corpos no mesmo espaço.

2ª. Fique atento à seguinte equação:
bolsa fechada nas costas + cara de paisagem + multidão = bolsa aberta - sua carteira ou celular.

3ª. Se você está perdido ou não tem certeza sobre a direção que quer seguir, SAIA DA FRENTE. Desta forma, você evita frases agressivas direcionadas a sua pessoa e também evita alusões negativas sobre a  profissão de sua progenitora.

4ª.  NUNCA pare no final de uma escada rolante. Nunca, em hipótese alguma. Você pode causar algo como um "efeito dominó", e quem estará embaixo é você (isso vai doer, acredite!).

5ª. Se você vai esperar pelo próximo trem, (provavelmente na esperança de que o vagão inteiro seja só pra você) SAIA DA FRENTE. Assim, você evita de ser empurrado para o vão (sem querer, é claro) e ficar com uma das pernas lá presa, enquanto a outra permanece em cima, sobre a plataforma, o que deve causar um certo desconforto.

Fácil, não??? Então, escolha um terminal e embarque. Boa viagem!!!


Um comentário:

Valter Montani disse...

Pri, passei para deixar o meu bom dia, com amor e poesia:

"Aos pássaros Deus deu o vôo e o canto, aos que amam Ele dá o sonho e o encanto. Quem ama de verdade não consegue voar,porém de tão leve espírito, chega até a flutuar"

Valter Montani

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS