Profundidade

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010


Às vezes, é preciso deixar de ser tão profundo, porque também é necessário subir à superfície para respirar. Às vezes, é necessário estar a beira de, é necessário estar por um fio, estar a ponto de... Tudo isso faz parte de ser. E ser tão profundo exige descer demais, até não se enxergar mais a luz.


3 comentários:

olhar disse...

Ando um pouco cansad de ser tão profunda, sabia?...

Deixo beijos muito carinhososo para você e o desejo de um Natal muito gostoso ao lado daqueles que você ama!

Bia

Lila Boni disse...

Faz tempo que não venho aqui no teu cantinho!!
Quanta coisa linda p se ler!!!
Vc é especial mesmo !!!! Tem uma sensibilidade incrível, rara nos jovens de hoje!Parabéns!
Mil beijos...Boas festas !!!

Hellen S. disse...

pois é! Quando vamos muito fundo às vezes nos deparamos com coisas que não sabemos discernir! Tb tem aquelas vezes que encontramos coisas que nem precisariam ser desenterradas! Nem muito fundo, nem muito raso...

Muito bom seu blog!
Um dos poucos em que as palavras fazem sentido pra alma!

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS