Sobre flores

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Foto: Violetas - Paulo Ferreira


Este post é um plágio, já aviso. É um plágio do post de uma amiga sobre Clarice Lispector (que deve aparecer em 70% dos posts do meu blog, aproximadamente! rs). A plagiada é a Maria.


Maria, eu acho que sou "violeta". Às vezes acho que você também é violeta, às vezes acho que é "crisântemo". Colocarei as duas e você me diz!!!!


"A violeta é introvertida e sua introspecção é profunda. Dizem que se esconde por modéstia. Não é. Esconde-se para poder captar o próprio segredo. Seu quase-não-perfume é glória abafada mas exige da gente que o busque. Não grita nunca o seu perfume. Violeta diz levezas que não se podem dizer."


"O crisântemo é de alegria profunda. Fala através da cor e do despenteado. É flor que descabeladamente controla a própria selvageria."


Trechos de "Água Viva"

3 comentários:

Fernanda disse...

adoro flores...
todas elas...
mesmo tendo caracteristicas diferentes todas elas tem uma beleza unica e nos traz paz=)

Maria repleta disse...

violetas...sem dúvidas...é uma identificação plena...assim como clarice...adorei...amei...quanta sensibilidade...às vzs tenho receio de expor td q eu sinto...mas n tem outra forma de agir...é gratificante ter vc por aqui...vou entrar na cominidade...meu orkut é estrela milesi...me adiciona depois se vc tiver...mil bjs...milhões...

angel disse...

Se violetas representam aquilo que tão bem definiu então sou violeta.
Mas não aquela cultivada em vasinhos e distribuídos aos milhares. Flores tão comuns... sou aquela violeta selvagem, que nasce nas sombras de outras árvores cujas folhas são mais acetinadas, sua flor e menor, porém mais perfumada. sou assim: pequena e introspectiva. Adoro espiar a vida e amo a natureza e os amigos de verdade!
Amei seu blog e também o Loucademia brasileira de letras!
Demais mesmo.
Abraço
Angela

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS