Chá da tarde

sexta-feira, 16 de março de 2012

Hoje é um dia cinzento e monótono, daqueles em que o mau-humor bate à porta, se instala no canto preferido da sala, e lá permanece, como sua companhia durante o dia. 
Ela prepara um chá enquanto reflete sobre a bondade humana, coisa que lera num livro, algum dia em sua vida. Pela manhã, ouvira que roubaram um cavalo dócil de um hospital infantil, "mas pra quê roubam cavalos, hoje em dia?" 
Não houve resposta. 
Talvez nem exista.
Talvez seja melhor tomar o chá, antes que esfrie, porque a bondade humana é assunto para tratados filosóficos e discursos religiosos, e não para chás em dias cinzentos. 

2 comentários:

Si, Fosse Algo seria o Nada disse...

Talvez a bondade humana não seja mais um assunto interessante, caída em desuso virou demodê...Qdo será que a crueldade cairá em desuso também?

C. disse...

Do jeito que gosto de chá, nao há assunto que um nao amenize e adoce :)

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS